Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Heráldica
Início do conteúdo da página

Escudo Português, com o Chefe em blau (azul-cerúleo), tendo à destra o Gládio Alado em jalne (amarelo), símbolo do Comando da Aeronáutica e à sinistra a sigla usual da Organização “CPOR” em prata (branco).

 

Campo em goles (vermelho), carregando no flanco destro e abaixo do Chefe, de forma estilizada, a bandeira do Município de São José dos Campos, constituída por nove faixas alternadas em blau (azul-cerúleo) e prata (branco), tendo ao centro uma roda dentada em jalne (amarelo), com a árvore (citação mecânica) emblau (azul-cerúleo) lunulada por uma faixa sinuosa em prata (branco), aparecendo, na parte superior da mesma, uma estrela de primeira grandeza e, na inferior, duas de segunda grandeza, todas em prata (branco). No flanco sinistro e, também, abaixo do Chefe, aparece um retângulo em prata (branco), contendo em si, de forma estilizada, o logotipo (símbolo) do Centro Técnico Aeroespacial emblau (azul-ultramar).

 

No centro do campo, próximo ao coração, destaca-se um escudo redondo com o campo em blau (azul-cerúleo), perfilado em jalne (amarelo), contendo em siuma águia, também, em jalne(amarelo), voante – em vôo – estendida – de asas abertas com o perfil à destra – simbolizando a vitória, liberdade e poder, sobrepondo-se a uma estrela de cinco pontas e estilizada em jalne (amarelo), símbolo da luz que guia os homens e seus destinos. Brocante sobre a águia, aparecem três elipses em prata (branco), lembrando as ciências físicas e no centro das quais está um foguete em prata (branco), caracterizando a moderna tecnologia. Este conjunto representa, ainda, o distintivo do Quadro de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica usado pelo Aspirantea-Oficial, quando da sua declaração ao final do curso.

 

A águia carrega em suas garras um listel em prata (branco), onde se insere a sigla da Organização “CPOR-SJ” em sable (preto) e que teve sua criação em 1953. Em Contrachefe aparece uma faixa em prata (branco), com o nome SÃO JOSÉ DOS CAMPOS em sable (preto). Contorna o escudo um filete em jalne (amarelo).

 

SIMBOLISMO

 

Motivo da Bandeira do Município de São José dos Campos, onde se situa a sede da Organização, motivo do emblema do Centro Técnico Aeroespacial, ao qual este Centro é incorporado e motivo característico à Força Aérea Brasileira compõem o Emblema do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva da Aeronáutica de São José dos Campos.

 

A indicação dos metais em ouro e prata é a adotada oficialmente pela Ciência da Heráldica e pela Força Aérea Brasileira.

 

As cores em blau representam o céu e o espaço aéreo brasileiro, as em amarelo ouro simbolizam o ardor, a força e o descortínio no desempenho das funções de ensino peculiares aos Centros de Formação, as em sable (preto) representam o equilíbrio dessas funções através da prudência, abnegação e simplicidade, e as em goles (vermelho) caracterizam a instrução militar ministrada adstrita às Forças da Terra.

 

A águia dourada, símbolo da nobreza e da origem, com o seu vôo alado e altaneiro, representa a conquista dos céus e a glória das Forças Aéreas.

 

O conjunto das três elipses prateadas entrelaçando um foguete na mesma cor representa o distintivo do Quadro de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica usado pelo Aspirante-a-Oficial quando de sua declaração ao final do curso.

 

A estrela de cinco pontas, em amarelo-ouro, estilizada, é a insígnia das Escolas de Preparação, que representa o guia seguro e futuro luminoso daqueles que, iniciando as suas vidas nos Centros de Preparação, tudo conseguem graças ao espírito de sacrifício e dedicação à vida militar e transformam-se em importantes componentes da reserva técnica do poder aeroespacial.

 

Fim do conteúdo da página